Contribuições do pensamento de Paulo Freire e da Arte para desenvolver uma formação humanizadora com crianças pequenas

Autores

  • Camila Gomes Arellaro Caetano PUC SP
  • Lisete Regina Gomes Arelaro Universidade de São Paulo

Resumo

Este artigo discorre sobre as aproximações das artes e do pensamento de Paulo Freire em formações humanizadoras. As linguagens artí­sticas ainda são elementos pouco utilizados como fundamentais em propostas formativas e neste artigo propomos, a partir do pensamento epistemológico freireano e da linguagem teatral, explanar caminhos para a transformação social com vistas à humanização. Consideramos os avanços e as conquistas de uma rede de ensino ao desenvolver uma formação humanizadora com crianças pequenas fruto da disputa polí­tica de educadores e educadoras. Apresentamos os aspectos fundamentais para que uma formação humanizadora seja possí­vel e quais as categorias freireanas que impulsionam essa ação transformadora. Palavras-chave: Paulo Freire. Formação humanizadora. Arte-educação. Conscientização. Polí­tica educacional.

Biografia do Autor

Camila Gomes Arellaro Caetano, PUC SP

Doutora em Educação: currí­culo

Downloads

Publicado

17-06-2021

Como Citar

Caetano, C. G. A., & Arelaro, L. R. G. (2021). Contribuições do pensamento de Paulo Freire e da Arte para desenvolver uma formação humanizadora com crianças pequenas. Revista Educação E Cultura Contemporânea, 18(55), 234–252. Recuperado de https://mestradoedoutoradoestacio.periodicoscientificos.com.br/index.php/reeduc/article/view/9757

Edição

Seção

Artigos