Internacionalização e mobilidade estudantil: identidades de estudantes estrangeiros (re)significadas pelos Letramentos Acadêmicos no Ensino Superior Brasileiro, o caso da UFSJ

Autores

  • Paula Aparecida Diniz Gomides UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI
  • Maria do Socorro Alencar Nunes Macedo UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI (UFSJ)
  • Grazielly Aparecida de Almeida UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI (UFSJ)

Resumo

Debatemos os resultados de uma pesquisa que trata da recepção de estudantes estrangeiros no Ensino Superior brasileiro, em processos de cooperação internacional. Entrevistamos quatro estudantes estrangeiros, vinculados a uma instituição pública de Minas Gerais. As entrevistas semiestruturadas versaram sobre a entrada dos estudantes em nosso paí­s e adaptação às práticas de letramentos acadêmicos vivenciadas cotidianamente por eles. Elas foram realizadas presencialmente, a partir de um roteiro semiestruturado, no segundo semestre de 2017 no campus da universidade. Em meio à compreensão sobre as expectativas e também dificuldades encontradas, verificou-se que a lí­ngua e a cultura foram elementos importantes para que processos adaptativos fossem delineados. Nossas considerações ponderam que as identidades dos estudantes estrangeiros são (re)significadas em meio ao engajamento nas atividades acadêmicas, principalmente na troca, proveniente do contato com os colegas brasileiros. Palavras-chave: Internacionalização. Ensino superior. Identidades. Estudantes estrangeiros

Biografia do Autor

Paula Aparecida Diniz Gomides, UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Mestre em Educação pela Universidade Federal de São João del Rei UFSJ e doutoranda em Educação na Universidade Federal de Minas Gerais UFMG. Meus principais interesses de estudo situam-se no âmbito dos Letramentos Acadêmicos, mais especificamente, nas experiências de estudantes estrangeiros e/ou trajetórias de docentes vinculados a programas de Pós-Graduação Internacionalizados, em meio í s práticas de letramento acadêmico que podem ser percebidas no ensino superior, bem como, as relações de poder existentes neste campo. Pesquisadora vinculada ao Centro de Alfabetização, Leitura e Escrita - Ceale da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais UFMG e ao Grupo de Pesquisa em Alfabetização, Linguagem e Decolonialidade, da Universidade Federal de São João Del-Rei - UFSJ. Atualmente trabalho com as questões pertinentes í s demandas estabelecidas í  programas de pós-graduação como uma polí­tica de inserção internacional e seu impacto nas práticas de leitura e escrita dos principais atores destes processos e/ou educação de surdos no Brasil sob a perspectiva do ensino bilí­ngue (Português - LIBRAS).

Maria do Socorro Alencar Nunes Macedo, UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI (UFSJ)

Professora Titular da Universidade Federal de São João del-rei. Doutora em educação pela UFMG. Pós- doutorado pela University of London, Kings College, (2009), pela Goldsmits University of London (2019), pela UFSCAR, 2019-2020). Lí­der do grupo de pesquisa Alfabetização, Linguaguem e Colonialidade. É pesquisadora da área alfabetização, letramento, internacionalização do ensino superior. Orientadora de mestrado e doutorado nos Programas de Pós-Graduação em Educação da UFSJ e da UFPE. Coordena projetos que investigam práticas escolares de alfabetização no contexto da pandemia em áreas urbanas e no campo. Pesquisa letramento acadêmico em contextos de internacionalização da universidade. Foi vice-presidente da ABALF 2014-2017. Conselheira do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFSJ - 2020-202. Membro da Câmara de Ciências Humanas e Educação da FAPEMIG. Bolsista produtividade do CNPq.

Grazielly Aparecida de Almeida, UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI (UFSJ)

Mestranda em Educação pela Universidade Federal de São João del-Rei. Graduada em Pedagogia pela mesma Universidade. Membro do Grupo de Pesquisa em Alfabetização, Linguagem e Colonialidade (GPEALE).

Downloads

Publicado

16-11-2022

Como Citar

Gomides, P. A. D., Macedo, M. do S. A. N., & Almeida, G. A. de. (2022). Internacionalização e mobilidade estudantil: identidades de estudantes estrangeiros (re)significadas pelos Letramentos Acadêmicos no Ensino Superior Brasileiro, o caso da UFSJ. Revista Educação E Cultura Contemporânea, 19(60), 260–284. Recuperado de https://mestradoedoutoradoestacio.periodicoscientificos.com.br/index.php/reeduc/article/view/10413

Edição

Seção

Artigos