A educação de surdos durante o ensino remoto emergencial: artes e visualidades em uma pesquisa-formação

Autores

  • Vivian Martins Instituto Federal do Rio de Janeiro
  • Milena Quattrer Instituto Nacional de Educação de Surdos

Resumo

A pandemia da Covid-19 ressignificou a educação mundial, demandando novas táticas para promoção do ensino e da aprendizagem em atividades pedagógicas não presenciais. A presente pesquisa busca compreender como elaborar atividades remotas que auxiliem os docentes com estratégias especí­ficas para a educação de surdos na área de Artes, e quais saberes uma professora de Artes precisa mobilizar para colaborar com a aprendizagem surda? A pesquisa-formação é a metodologia escolhida, por proporcionar a possibilidade de pesquisar os processos formativos e suscitar reflexões sobre a experiência. Dividimos as discussões do artigo em duas partes: apresentação do dispositivo de pesquisa e a narrativa da autoformação da professora-pesquisadora. Os resultados giraram em torno do compartilhamento de atividades pedagógicas com foco nas visualidades e das aprendizagens construí­das ao longo desse processo, como a ampliação dos conhecimentos sobre educação online, Libras, gravação e edição de ví­deos. Palavras-chave: Educação de surdos. Educação artí­stica. Ensino remoto emergencial. Pesquisa-formação. Visualidade surda.

Biografia do Autor

Vivian Martins, Instituto Federal do Rio de Janeiro

Doutora em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), com mestrado em Educação pela UERJ, especialização em Planejamento, Implementação e Gestão da Educação a Distância pela Universidade Federal Fluminense (UFF), MBA em Gestão de Recursos Humanos pela UFF, Licenciatura e Bacharelado em Pedagogia pela UERJ. Professora de Educação a Distância e Tecnologias Educacionais do Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ). Autora dos livros Formação de docentes para a educação online e Ví­deos na Educação Online. Membro do Grupo de Pesquisa Docência e Cibercultura (UFRRJ), do Grupo de pesquisa Território, Cultura e Identidade (IFRJ) e do grupo Literacia visual: pesquisa, ensino e formação docente em Artes (INES). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em educação e cibercultura, pesquisa e prática pedagógica, formação de professores, educação online e tecnologias educacionais. Site: www.vivian.martins.com E-mail: vivian.lopes@ifrj.edu.br

Milena Quattrer, Instituto Nacional de Educação de Surdos

Docente e pesquisadora do Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES). Doutora em Artes Visuais (2019) pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) com o projeto intitulado A cor no livro didático de Arte. Mestre em Artes Visuais (2013), pela mesma instituição, com o projeto intitulado Cor e infográfico - O Design da Informação na imprensa e no livro didático. Graduada em Educação Artí­stica - Artes Plásticas nas modalidades Licenciatura (2008) e Bacharelado (2010) pela UNICAMP. Lí­der do grupo de pesquisa Literacia visual: pesquisa, ensino e formação docente em Artes (IFRJ). Atua nos grupos de pesquisa Mantis - cor, cariz e sintaxe visual (UNICAMP) e Núcleo de Estudos em Sustentabilidade e Economia Circular do Setor Têxtil-Confeccionista e de Moda (IFRJ). Participa do Study Group on Colour Education da Association Internationale de la Couleur (AIC) e do Study Group on Environmental Colour Design (ECD) da Association Internationale de la Couleur (AIC). Pesquisa os seguintes temas: Cor e educação estética; Cor e design da informação; Ensino das Artes na educação básica, profissional, tecnológica e superior; Formação docente em Artes; Construção de acervo, registro, catalogação, sistematização de Indumentária e de Moda. Foi Docente e Pesquisadora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ - Campus Belford Roxo), Professora de Arte da Rede Municipal de Campinas, supervisora bolsista do subprojeto de Artes Visuais (UNICAMP) do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação í  Docência (PIBID), da CAPES e Professora Visitante do Curso de Especialização em Design Gráfico da UNICAMP. Expôs na Quadrienal de Praga (2007) os projetos coletivos de cenografia Aruana Heto e Nelson Rodrigues mostra a vida como ela é. Com este último projeto participou da Riocenacontemporânea 2007 e da Exposição Brasileira de Cenografia e Figurinos: o universo e a obra dramática de Nelson Rodrigues (2007).

Downloads

Publicado

21-09-2022

Como Citar

Martins, V., & Quattrer, M. (2022). A educação de surdos durante o ensino remoto emergencial: artes e visualidades em uma pesquisa-formação. Revista Educação E Cultura Contemporânea, 19(59), 186–209. Recuperado de https://mestradoedoutoradoestacio.periodicoscientificos.com.br/index.php/reeduc/article/view/10077

Edição

Seção

Artigos