Trabalho de Freire em África e a Pesquisa-Ação-Participativa

Autores

  • Luiza Cortesão Universidade do Porto / Instituto Paulo Freire (

Resumo

No presente trabalho, ir-se-á refletir sobre uma fase da vida de Freire, em que ele, forçado a emigrar, saiu do Brasil e acabou por se instalar em Genebra, trabalhando no Conselho Mundial das Igrejas. Aí­ iniciou novas fases da sua atividade, trabalhando em e com África, contactando com os movimentos de Investigação Participativa e de Investigação-Ação-Participativa, com os Movimentos de Libertação das então colónias portuguesas, e com ativistas que lutavam contra problemas existentes na África do Sul, submetida nessa altura ao regime do Apartheid. Palavras-chave: Investigação-ação, discriminação, racismo, apartheid, politicidade da educação

Downloads

Publicado

18-08-2021

Como Citar

Cortesão, L. (2021). Trabalho de Freire em África e a Pesquisa-Ação-Participativa. Revista Educação E Cultura Contemporânea, 18(55), 82–92. Recuperado de https://mestradoedoutoradoestacio.periodicoscientificos.com.br/index.php/reeduc/article/view/9940

Edição

Seção

Artigos