Vozes de um Bebel: diálogos sobre Infração Infantojuvenil, Direito e Sociedade no CRIAAD

Autores

  • Nielson Rosa Bezerra Universidade do Estado do Rio de Janeiro UERJ
  • Priscila Duarte dos Reis Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Resumo

O presente ensaio analisa o caso especí­fico de um menino de treze anos de idade que em determinado momento de sua vida esteve em conflito com a lei, encontrando-se por isso em cumprimento de medida socioeducativa de semiliberdade no Departamento Geral de Ações Socioeducativas do Estado do Rio de Janeiro - DEGASE. Inicialmente, uma breve descrição do funcionamento do sistema penal juvenil no Brasil será feita, com um enfoque em sua forma de execução no Estado do Rio de Janeiro. Apesar deste trabalho não se dispor a fazer uma análise aprofundada, discutiremos os paradoxos existentes entre a ordem jurí­dica nacional vigente, sociedade, criminalidade, juventude e subjetividade. Palavras-chave: Marginalidade. Socioeducação. Direito penal juvenil.

Biografia do Autor

Nielson Rosa Bezerra, Universidade do Estado do Rio de Janeiro UERJ

Professor do Programa de Educação, Cultura e Comunicações em Periferias

Priscila Duarte dos Reis, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Mestre em Educação, Cultura e Comunicações em Periferias - PPGECC (UERJ); Doutoranda em Educação - PROPED (UERJ)

Downloads

Publicado

27-04-2020

Como Citar

Bezerra, N. R., & Reis, P. D. dos. (2020). Vozes de um Bebel: diálogos sobre Infração Infantojuvenil, Direito e Sociedade no CRIAAD. Revista Educação E Cultura Contemporânea, 18(53), 84–101. Recuperado de https://mestradoedoutoradoestacio.periodicoscientificos.com.br/index.php/reeduc/article/view/7005

Edição

Seção

Seção temática