Inclusão no Ensino Superior: revisão sobre as condições de acessibilidade vivenciadas pelo Público-Alvo da Educação Especial

Autores

  • José Tadeu Acuna Instituto Taquaritinguense de Ensino Superior

Resumo

Desde o final do século XX, o Brasil buscou ratificar os princí­pios da Educação Inclusiva em suas polí­ticas públicas educacionais, com o intuito de garantir o atendimento das necessidades educacionais de todos os estudantes da Educação Básica e Superior. No entanto, ao comparar o que está previsto nas leis, com o panorama das condições de acessibilidade no Ensino Superior, notam-se contradições, pois o contexto universitário está permeado por diversas barreiras que comprometem a permanência e conclusão dos estudos por parte do Público-Alvo da Educação Especial (PAEE), impactando diretamente sua preparação para a entrada no mercado de trabalho. Neste sentido, o objetivo deste artigo de revisão narrativa foi problematizar as condições de acessibilidade no Ensino Superior, e sinalizar quais aspectos do processo de inclusão educacional devem ser revistos e transformados para que seja possí­vel garantir recursos humanos, fí­sicos e pedagógicos adequados à trajetória acadêmica do PAEE. Palavras-chave: Educação Inclusiva. Educação Especial. Ensino Superior. Acessibilidade.

Biografia do Autor

José Tadeu Acuna, Instituto Taquaritinguense de Ensino Superior

Psicólogo. Mestre em psicologia do desenvolvimento e aprendizagem. Especialista em Psicologia Escolar e Inclusão.

Downloads

Publicado

09-04-2021

Como Citar

Acuna, J. T. (2021). Inclusão no Ensino Superior: revisão sobre as condições de acessibilidade vivenciadas pelo Público-Alvo da Educação Especial. Revista Educação E Cultura Contemporânea, 18(56), 88–106. Recuperado de https://mestradoedoutoradoestacio.periodicoscientificos.com.br/index.php/reeduc/article/view/6821

Edição

Seção

Artigos