Criatividade, interculturalidade e decolonialidade: caminhos para a escola em tempos de crise

Autores

  • Rony Pereira Leal Instituto Federal do Rio de Janeiro
  • Paulo Melgaço da Silva Junior Prefeitura Municipal de Duque de Caxias
  • Ana Ivenicki Universidade Federal do Rio de Janeiro

Resumo

Nosso século está sendo marcado por uma série de mudanças de paradigmas. Sujeitos que tiveram corpos e subjetividades apagados e silenciados pela modernidade questionam as verdades e os discursos instituí­dos, em movimentos que têm impactado diretamente as escolas. Neste artigo, defendemos o argumento de que o trabalho, a partir da criatividade intercultural decolonial, pode contribuir para o entendimento e problematização das relações de poder constituí­das na modernidade, e que provocam a desumanização, subalternização e sofrimento dos povos perifericamente situados. Nesta perspectiva, a proposta central do texto é discutir como a escola pode articular criatividade interculturalidade e decolonialidade para produzir olhares outros na prática pedagógica cotidiana. Para tal, apresentamos e discutimos algumas práticas pedagógicas desenvolvidas por um dos pesquisadores. Como resultados, destacamos a relevância da implementação desta proposta para formação de docentes criativos e aptos a promover ambientes seguros para que os alunos possam criar, aprender e se desenvolver como sujeitos conscientes, autônomos e sociohistoricamente situados. Palavras-chave: Pedagogia decolonial. Cotidiano escolar. Prática pedagógica.

Biografia do Autor

Rony Pereira Leal, Instituto Federal do Rio de Janeiro

Licenciado e Bacharel em Português-Literaturas pela Faculdade de Letras e Faculdade de Educação da UFRJ (1998). Mestre em Polí­ticas Públicas e Formação Humana pelo Programa de Polí­ticas Públicas e Formação Humana da UERJ (2014). Doutor em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da UFRJ (2019). Profissionalmente, atua como Professor EBTT do Colégio Militar do Rio de Janeiro (CMRJ), Professor C 1 da Prefeitura Municipal de Macaé, e Professor Convidado no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ), nos cursos de Especialização Latu Sensu em Educação de Jovens e Adultos e Estudos Linguí­sticos e Literários. Possui experiência na áreas de Letras e Educação, com ênfase em Lí­ngua Portuguesa, Literaturas de Lí­ngua Portuguesa, Educação de Jovens e Adultos, Formação Continuada Docente, Multiculturalismo/ Interculturalismo, Diversidade e Inclusão.

Paulo Melgaço da Silva Junior, Prefeitura Municipal de Duque de Caxias

Pos doutor em educação pela UFRJ Doutor em Educação pela UFRJ Professor na SME Duque de Caxias e na Fundação Theatro Municipal do Rio de Janeiro Professor colaborador PPGEAC Unirio

Ana Ivenicki, Universidade Federal do Rio de Janeiro

PhD em Educação pela University of Glasgow . Tem Mestrado em Educação pelo Departamento de Educação da PUC-Rio e Licenciatura em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Foi Professora Titular e atualmente é Professora Emérita da Universidade Federal do Rio de Janeiro desde julho de 2019, lotada no Departamento de Fundamentos de Educação/Faculdade de Educação, atuando no Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). É Pesquisadora 1A do CNPq. É Editora Associada do periódico Ensaio: Avaliação e Polí­ticas Públicas em Educação, editado pela Fundação Cesgranrio. Foi membro do Comitê Assessor de Educação CA-Ed. do CNPq, de 2016 a 2019. Possui inúmeras publicações em periódicos nacionais e internacionais, bem como livros publicados/organizados, e vários trabalhos em anais de eventos. Tem sido Palestrante/Conferencista convidada em diversas instituições. Desenvolve pesquisas em Multiculturalismo e Formação de Professores, tendo especial interesse nas áreas de Currí­culo, Educação Comparada, Educação de Adultos para a Diversidade e Questões Epistemológicas de Pesquisa e Avaliação.É coordenadora do Grupo de Pesquisa em Estudos Multiculturais (GEM), cadastrado no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq. Foi agraciada com o prêmio CORA CORALINA, pela Associação Nacional de Pós- Graduação e Pesquisa em Educação/ ANPEd e a Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão/SECADI, conferido na 36a. Reunião Anual da ANPEd /2013, Goiânia, pela contribuição í  Educação com Inclusão Social. Maiores detalhes sobre suas pesquisas e produção acadêmica são obtidas abaixo.

Downloads

Publicado

23-04-2021

Como Citar

Leal, R. P., Junior, P. M. da S., & Ivenicki, A. (2021). Criatividade, interculturalidade e decolonialidade: caminhos para a escola em tempos de crise. Revista Educação E Cultura Contemporânea, 18(54), 31–54. Recuperado de https://mestradoedoutoradoestacio.periodicoscientificos.com.br/index.php/reeduc/article/view/9259

Edição

Seção

Criatividade, lúdico e interculturalidade